Campanha 2016  

 

 Campanha 2015  

 

  Campanha 2014   

 

Home


Notícias


Quem somos


O Fundador


Onde estamos


Portugal

    Guimarães

     Fátima

     Tortosendo

     Lisboa

     Almodôvar

     Prior Velho


Publicações

    Contacto SVD

     SVD ao Encontro

     AgendaJovem


Mãos Missionárias


CAVIM


Bíblia


Pastoral Vocacional


Justiça e Paz


AMIVD


Diálogos


Antigos Alunos

     Lux Mundi


Evangelho do dia


Intenções

    Missionárias


Links


Contactos


Galeria de Fotos


Relatos da Missão

 

 

Campanha Mãos Missionárias 2017

 

Jesus identifica-se com os pobres e necessitados deste mundo:
“O que fizestes ao mais pequenino dos meus irmãos, a Mim ofizestes” (Mt 25, 40).

Jesus conta com a colaboração dos seus discípulos

para que este mundo seja mais fraterno e mais solidário.
Por isso, Jesus ordena aos seus discípulos que alimentem amultidão que lhe pedia pão:

“Dai-lhes vós de comer” (Mc 6, 37).
É conhecido o ditado popular: “Não se pode pregar o Evangelho aestômagos vazios”.

 A evangelização diz respeito ao homem todo e a todos os homens.

Existe uma conexão íntima entre evangelizaçãoe promoção humana.
A evangelização engloba o desenvolvimento integral da pessoa, sem criar dependência,

mas promovendo-a, pois é ela a primeira protagonista do desenvolvimento.

Neste sentido, procuramos apoiar projetos que capacitam as pessoas

para serem agentes de desenvolvimento onde vivem.

 

   Veja o vídeo 

 

  Projecto 1 Catequistas - Togo

 

O P. Mathias Yaadar, SVD, pede ajuda para a formação de catequistas na pa­róquia de Sto. Arnaldo de Sadori, norte daquele país.

A paróquia de Sto. Arnaldo Janssen de Sadori, a 11 km de Mango, foi erigida a 12 de outubro de 2014 e situa-se na diocese de Dapaong. A aldeia tem cerca de 500 habitantes, quase todos camponeses.

De momento, a paróquia tem apenas cinco catequistas bem formados, que animam a liturgia nas sete comu­nidades da paróquia, sem contar a comunidade central de Sadori. Estes catequistas são muito dedicados ao seu apostolado, num ambiente bastante influenciado pela religião muçulmana.

Os catequistas recebem uma pequena ajuda da diocese de Dapaong para as suas despesas e manter as suas famílias, mas para completar o seu orçamento familiar devem cultivar os seus campos.

Os Missionários do Verbo Divino pouco podem fazer sem o apoio destes cate­quistas. Por isso, procuram ajudar estes homens comprometidos e dedicados à pastoral. Eles são indispensáveis na obra da evangelização e de grande ajuda na comunicação do Evangelho na língua local e na celebração dominical na ausência do sacerdote.

Não tendo os meios necessários para le­var a cabo a formação dos catequistas, vimos pedir ajuda para a sua formação humana e cristã.

Responsável: P. Mathias K. Yaadar, svd

Pedido: 4.000 Euros

 


  Projecto 2:  Salas para formação - Angola

 

O P. David Nogueira, da diocese de Leiria-Fátima, pede ajuda para a construção de salas para a formação de catequistas e líderes. A diocese de Leiria-Fátima, através do Grupo Missionário “Ondjoyetu” (significa “a nossa casa”), desenvolve, há cerca de 10 anos, um projeto de acompanhamento humano e cristão na missão de S. José do Gungo, diocese do Sumbe, em Angola.

A equipa missionária, da diocese de Leiria-Fátima, tem um papel fundamental no desenvolvimento desta comunidade. Vários projetos foram já lançados: a moagem comunitária, o camião da missão, a cantina (loja da missão), a pastoral da criança (um dinamismo de formação de líderes para uma melhor saúde materno-infantil), a agricultura (com formação e produção), a formação profissional, o comércio com os agricultores locais, a saúde com ações de formação e cuidados primários…

No campo da evangelização tem sido feito o acompanhamento da vida cristã da comunidade, sempre em colaboração com os catequistas, que são, ao mesmo tempo, líderes comunitários para aspetos de desenvolvimento humano. Estes desempenham um papel fundamental na animação das comunidades cristãs e, para isso, necessitam de uma boa formação. No âmbito das novas construções a realizar na sede da missão, Donga, pretendemos construir espaços para a formação destes agentes de pastoral. Estas construções serão realizadas em BTC (bloco de terra comprimida), com maquinaria que já existe na missão e pronta a iniciar o seu funcionamento.

É neste sentido que pedimos ajudapara a construção de salas para a formação de catequistas e líderes. As pessoas colaboram com o seu trabalho, mas não têm recursos financeiros para os materiais de construção. Através do vosso contributo estareis a ajudar a construir esta casa comum, onde todos merecem ter vez e voz. Obrigado por aceitarem estar em missão connosco.

Responsável:P. David Nogueira

Valor do Projeto: 4.000 Euros

 


  Projecto 3:  Tribo Bhil e escolaridade - Índia


Na Índia, o sistema de castas vai excluindo milhões de pessoas da participação ativa na sociedade. A educação é um meio para destruir barreiras de castas e tribos. Da região de Udaipur, no Estado de Rajasthan, o P. Alfred Fernandes, SVD, pede ajuda para o equipamento da Escola de Assunta Bhavan, Ogna. Esta escola é frequentada por crianças tribais, originárias do interior do Estado e pertencentes à tribo Bhil.

Os pais destas crianças são analfabetos e pobres. Têm necessidade de educação, de dignidade social e de direitos fundamentais. Começam a ter consciência da importância da educação dos filhos, embora, por causa da sua pobreza, não possam pagar os seus estudos. Através da educação, pretende-se fazer uma revolução silenciosa entre estas crianças marginalizadas, preparando-as para um futuro melhor.

Responsável:P. Alfredo Fernandes, svd

Pedido: 5.000 Euros


  Projecto 4:  Para viver mais perto do povo - Amazónia / Brasil

 

O P. José Cortes, SVD, pede ajuda para a renovação da casa paroquial em Arapiuns, para que os nossos confrades possam estar mais próximos do povo. Vamos enviar para a nova área os padres Elfridus e Steven Rex, o primeiro da Indonésia e o segundo da Papua Nova Guiné. Para que eles possam viver ali com uma certa dignidade, precisamos arranjar a casa, construindo instalações sanitárias, mais um quarto, mudar o telhado, fazer novas paredes. Enfim, fazer quase uma nova casa.

Face a esta situação, apelamos aos benfeitores e amigos de Portugal para que possam ajudar-nos nesta tarefa da criação de uma nova área pastoral, que leva o nome do nosso Fundador. Até agora os confrades que atendem o Rio Arapiuns moram na nossa casa central, em Santarém. Se fizermos a remodelação da casa, a partir de 2017, passarão a morar mais perto das comunidades. A comunidade de S. Francisco fica a 5 horas, de barco, da cidade de Santarém.

Responsável: P. José Cortes, svd

Pedido: 4.000 Euros


  Projecto 5:  Centro de reabilitação para leprosos - Índia

 

Da Índia, vem um pedido de auxílio para uma leprosaria. Como nos tempos de Jesus, os leprosos continuam a ser pessoas marginalizadas.

O Centro de Reabilitação da Lepra de Karuna Sadan, na aldeia de Rampura, diocese de Jhabua, a cargo de D. Basil Bhuriya, é dirigido pela diocese, com a colaboração das Irmãs Servas Pobres de Jesus Cristo. O Centro já tratou mais de 1.000 doentes, oriundos das diversas aldeias. Felizmente, muitos estão completamente curados e regressaram às suas aldeias onde são cuidados pelas famílias. Mas, uma triste realidade é que, alguns deles, não são aceites pela família e pela sociedade e, por isso, têm de ficar no Centro. De momento temos 35 doentes, 24 homens e 11 mulheres. Fornecemos duas refeições diárias e acomodação para todos eles. Sensibilizamo-los para a importância da higiene. Muitos deles são deficientes e estão bastante dependentes de ajuda. Temos um centro de saúde que fornece tratamento para as doenças mais comuns: constipação, febre, doenças de pele e outras. Os doentes vêm para o centro de saúde, através do contacto das pessoas das aldeias e das autoridades locais. Também visitamos as aldeias para sensibilizar as populações quanto à forma de evitar determinadas doenças, em especial a lepra. Encorajamos os nossos doentes a visitarem as suas casas e a ficarem com os seus familiares.

De momento, o Centro é apoiado pelo governo e pela contribuição local que recebemos da diocese e da Congregação do Verbo Divino. Mas os preços estão a subir e por isso não conseguimos sustentar o Centro. Os doentes são pobres e, por esse facto, não podemos esperar qualquer ajuda da sua parte. Por isso pedimos a vossa ajuda.

Responsável: D. Basil Bhuriya

Pedido: 5.000 euros


  Projecto 6:  Auxílio às Missões

 

Vamos recebendo muitos outros pedidos de missionários e missionárias que procuram aliviar o sofrimento das pessoas com quem partilham a vida no dia-a-dia.

Através da partilha e da solidariedade dos nossos benfeitores e benfeitoras, podemos ajudar a aliviar o sofrimento de muitas pessoas e a formar jovens, abrindo, deste modo, novas perspetivas de vida.

Que Deus recompense a vossa generosidade e vos cumule das suas bênçãos ao longo do ano de 2017!

Responsável: Secretariado Missionário

Pedido: 8.000 Euros

 


 

Ajude-nos a ajudar

Envie o seu donativo para:

Secretariado Missionário do Verbo Divino
Apartado 2
2496-908 FÁTIMA


proc.missoes.fatima@verbodivino.pt

Transferência Bancária: IBAN - PT 50 0010 0000 36589570001 48

 

© Missionários do Verbo Divino - Portugal - 2007
Webdesign: J. Leonel de Sousa - svd